Empresa Smartbreeder e cursos de TI da UniFAI preparam Academy Coding 2.0 para maio e junho

28/04/2021 13h39

Maratona será realizada on-line, por meio de chats, reuniões e lives entre os dias 10 de maio e 12 de junho; inscrições podem ser feitas até 3 de maio no hotsite específico do evento

Por Daniel Torres
Colaborou: Smartbreeder

O sucesso do ano passado foi tão grande que os cursos de Ciência da Computação e Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (TADS) do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão, resolveram repetir a parceria com a empresa Smartbreeder, de desenvolvimento de softwares no ramo da agricultura, para a realização do projeto Academy Coding 2.0 em 2021.

Academy Coding é um desafio proposto pela Smartbreeder, em parceria com a UniFAI, para os estudantes dos cursos de Tecnologia da Informação (TI) do Centro Universitário. A exemplo de 2020, o evento desafiará os participantes a criar soluções de software para resolução de problemas do dia a dia de empresas.

“Os temas dos projetos serão pré-determinados pela Smartbreeder e o participante poderá indicar os temas com mais afinidade. O objetivo é fomentar o aprimoramento de talentos técnicos dos alunos dos cursos de Ciência da Computação e/ou “Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas da UniFAI”, explicou Cristiano Fagundes, diretor de AgriBusiness da Smartbreeder e graduado em Ciência da Computação pela UniFAI.

A maratona será realizada de forma totalmente on-line, por meio de chats, reuniões e lives entre os dias 10 de maio e 12 de junho.

Como funciona

Além de aprimorar o conhecimento, o participante do Academy Coding 2.0 poderá utilizar sua codificação como parte de seu portfólio próprio de ferramentas de software, comprovando e atestando suas habilidades e assim facilitando a sua entrada no mercado de trabalho.

“Cada participante durante a fase de codificação, contará com as orientações de um tutor indicado pela Smartbreeder, o qual faz parte do quadro de colaboradores da empresa. A tutoria será on-line com duração máxima de até duas horas semanais podendo não ser consecutivas, não coincidindo com o horário das aulas dos participantes. Ao final do projeto o participante fará uma apresentação de dez a 15 minutos para uma banca avaliadora formada por colaboradores da empresa e convidados que aceitarem do corpo docente da UniFAI, a banca pontuará cada candidato elegendo os três melhores projetos para a premiação”, orientou Fagundes.

Etapas
O evento será composto por sete etapas, tendo início pelo período de inscrições, aberto de 26 de abril a 3 de maio pelo hotsite específico do evento (smartbreeder.com.br/academycoding2021).

Na segunda etapa, em 5 de maio, haverá a divulgação de participantes e projetos selecionados. Para o dia 8 de maio, às 8h30, está marcada uma live de apresentação.

Entre os dias 8 de maio e 11 de junho serão realizadas as sessões de tutoria. Na sequência, às 8h30 do dia 12 de junho, será a vez da Avaliação de Banca.

A sexta etapa do Academy Coding 2.0 será marcada pela divulgação de resultados, prevista para o dia 16 de junho. Na sétima e última etapa, que acontecerá até 30 dias após a divulgação do resultado, será a entrega de premiação e certificado de participação.

Premiação

Serão premiados os alunos responsáveis pelos três projetos de melhor classificação, conforme decidido pela Comissão Organizadora, seguindo os termos do regulamento do evento.

O candidato classificado em terceiro lugar receberá um smartwatch modelo Xiaomi Smartband Mi Band 3. O segundo lugar receberá como prêmio também um smartwatch Xiaomi Smartband Mi Band 3 e um estágio remunerado na Smartbreeder com remuneração de R$ 1 mil mensais e duração mínima de seis meses.

Já o primeiro lugar terá direito a um smartwatch modelo Amazfit GTs, a um curso exame de certificação Microsoft MTA e, ainda, a uma vaga CLT júnior na Smartbreeder na área de desenvolvimento de software ou banco de dados.

A empresa
A Smartbreeder é uma empresa de inteligência agronômica digital que trabalha para promover a sustentabilidade da agricultura de alta performance por meio de hardscience. Está focada nos resultados do produtor, oferecendo soluções que preveem e automatizam todo o processo de tomada de decisões e recomendam as melhores práticas de manejo, visando redução de custos, diminuição de perdas e aumento de produtividade.

Há mais de 15 anos no mercado, a empresa é pioneira agricultura 4.0 e digital farming, levando a transformação digital para a agricultura.

Hoje, a Smartbreeder é líder em Inteligência Agronômica Digital, e tem como objetivo aumentar a sustentabilidade no campo através de tecnologias, produtos, serviços e consultorias inteligentes que recomendam melhores práticas de manejo em cada talhão, unindo a cognição artificial à humana para capacitar e empoderar o produtor e gestor do futuro para agricultura da Era Agro 4.0.

Ciência da Computação
O curso de Ciência da Computação da UniFAI, com duração de oito semestres (quatro anos), conta atualmente com cinco laboratórios didáticos de computação, utilizados para aulas práticas das disciplinas do curso, sendo três no Câmpus I e dois no Câmpus II. Cada laboratório conta aproximadamente com 25 microcomputadores de última geração.

O profissional de Ciência da Computação é capaz de desenvolver sistemas de informação, projetar e desenvolver metodologias de programação, desempenhar atividades relacionadas ao controle de qualidade, manipulação e operação dos aparelhos ou máquinas, programas de apoio ao usuário e aplicativos em geral.

TADS
Já o curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (TADS), que tem duração de seis semestres (três anos), pretende formar profissionais capazes de desenvolver sistemas de informação específicos para os mais diversos setores da economia e da atividade humana.

O tecnólogo com esta formação desenvolve, analisa, projeta e implementa sistemas de informação. Possui capacidade para gerenciamento de equipes de TI, implantação e gerenciamento de redes de computadores, administração de bancos de dados. Possui conhecimento para programação de softwares em qualquer plataforma, ou seja, softwares convencionais para desktopwebsites, dispositivos móveis ou qualquer outra plataforma em que se utiliza softwares.

“O diferencial dos egressos dos nossos cursos de TI [TADS e Ciência da Computação] é que saem da faculdade com capacidade para trabalhar em qualquer área dentro da Tecnologia da Informação, seja desde desenvolvimento de softwares, gerenciamento de redes até cientista de dados. O que não acontece com quem faz um curso na área muito específico”, disse o Prof. Dr. André Mendes, coordenador dos cursos.

imagem: Maratona será realizada on-line, por meio de chats, reuniões e lives entre os dias 10 de maio e 12 de junho; inscrições podem ser feitas até 3 de maio no hotsite específico do evento

imagem: Smartbreeder

Central de Comunicação
Diretor da Divisão de Comunicação
Daniel Torres – MTb: 51.540/SP
Redação 
Priscila Caldeira – MTb.: 8.148/PR
Centro Universitário de Adamantina (UniFAI)

Adamantina – Boletim Informativo Covid-19

15/06/2021 16h44 Conforme informações da Vigilância Epidemiológica, esses dados são referentes aos dias 14  de junho. Os 10 leitos de UTI, são 9 do SUS e um particular/convênio.

Técnicos do Euroclima+ participam de capacitação pelo Senar

15/06/2021 16h28 Curso ocorreu de 24 a 28 de maio  Por Vanessa Ribeiro dos Santos Alonso Revisão de Priscila Caldeira De 24 a 28 de maio,

Lucélia – Atualização de casos Covid-19

15/06/2021 16h23 Dados atualizados nesta terça-feira, 15 de Junho. Desde o início da Pandemia, são 1647 casos positivos de COVID-19 no município de Lucélia. Atualmente

00:00