Energisa destina resíduos de poda de árvores para serem usados como adubo orgânico em projetos da Etec

17/09/2021 12h27

Resíduos coletados em Prudente ganham um destino sustentável, favorecendo a disponibilização de nutrientes para melhora do solo e controle de plantas daninhas

Cerca de 12 metros cúbicos de resíduos provenientes de galhos e folhas de árvores. Esse é o volume de material triturado e entregue diariamente pela Energisa Sul-Sudeste à Escola Técnica Estadual (Etec) Prof. Dr. Antônio Eufrásio de Toledo, de Presidente Prudente. Na escola, os resíduos ganham um destino sustentável, sendo transformados em adubo orgânico, ajudando a melhorar a umidade do solo, controlar plantas daninhas em áreas de reflorestamento.

A parceria existe desde 2017 e vem sendo aprimorada a cada ano, conforme a engenheira de Meio Ambiente da Energisa Sul-Sudeste, Rosemary Machado Alves Meger. “Os resíduos têm sido utilizados em vários projetos da escola técnica, o que comprova a eficácia dessa proposta de devolver à natureza esse material, rico em nutrientes e em outras propriedades fundamentais para a recuperação física, química e biológica do solo. Como distribuidora, a Energisa Sul-Sudeste tem o compromisso de garantir a qualidade e a segurança na distribuição de energia em toda sua área de concessão, sempre preocupada em preservar o meio ambiente e fortalecer o desenvolvimento sustentável. Sendo assim, estamos engajados e comprometidos com essa parceria que nos permite dar uma destinação sustentável aos galhos e folhas”, explica.

Os resíduos de podas são entregues já triturados, prontos para aplicação nos projetos e atividades práticas da unidade. Como parte do cronograma de manutenções na rede de energia elétrica, a Energisa Sul-Sudeste realiza a poda urbana e rural nas ocasiões em que os galhos estão muito próximos dos fios, oferecendo riscos à segurança da comunidade, podendo causar curto-circuito, rompimento de cabos e interrupção no fornecimento de energia.

Ao final do dia, os caminhões da companhia levam os resíduos das podas até a escola, onde as equipes e alunos da Etec utilizam o material para compostagem – que consiste na transformação da matéria orgânica (resíduos) em adubo orgânico. Conforme detalha a engenheira de Meio Ambiente, a iniciativa favorece a disponibilização de nutrientes essenciais para o desenvolvimento de olerícolas, produção de mudas, controle de plantas daninhas em áreas de reflorestamento, recuperação de áreas degradadas em pastagens, além de adubação aplicada na cafeicultura, horticultura e fruticultura.

“Para a Energisa, essa parceria é muito importante, uma vez que ganhamos um local para a implantação de vários projetos de grande relevância, para o descarte correto e sustentável dos resíduos de podas, contribuindo diretamente para a preservação do meio ambiente”, finaliza Rosemary. 

 


Edneia Cristina da Silva Zart

Anl Comunicacao III – COMUNICACAO INSTITUCIONAL

 

Obras executadas pela Prefeitura de Adamantina na avenida Antônio Tiveron prosseguem Iniciativa integra o Projeto Avenidas Responsáveis que objetiva melhorar a mobilidade e a segurança do local

25/10/2021 12h11 A Prefeitura de Adamantina, por meio das Secretarias de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente (SAAMA), Obras e Planejamento e Desenvolvimento, segue executando melhorias,

Secretaria de Assistência Social de Adamantina esclarece dúvidas sobre o pagamento dos benefícios dos Programas Bolsa Povo do Governo do Estado que estão em funcionamento

25/10/2021 12h07 A Prefeitura de Adamantina, por meio da Secretaria de Assistência Social, informa que a pasta tem sido procurada para sanar dúvidas e prestado

Rede de educação municipal e estadual de Adamantina são capacitadas para efetivação do serviço de escuta especializada no município

25/10/2021 12h02 Com o objetivo de preparar os professores das redes municipal e estadual e também os funcionários da APAE para escutar a criança de

00:00