Prefeitura do Município de Adamantina informa: Adamantina tem novas medidas de prevenção contra o COVID-19

19/03/2020  01h41

A Prefeitura do Município de Adamantina informa novas medidas adotadas para prevenção sobre o Coronavírus (COVID-19). Conforme o decreto N° 6.105 de 18 de março de 2020, dispõe sobre a adoção, no âmbito da Administração Pública direta e indireta, de medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contagio pelo COVID-19, bem como sobre recomendações ao setor privado.

Seguem as medidas:

  • Ficam definidas as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública, no âmbito da Administração Pública direta e indireta, face à declaração de pandemia do COVID-19 pela Organização Mundial de Saúde – OMS;
  • A partir de 19 de março de 2020, todos os servidores públicos municipais, com mais de 60 (sessenta) anos de idade, e aqueles que, comprovadamente, sejam imunodeficientes e grávidas, com exceção dos que trabalham nas áreas da saúde, deverão desenvolver suas funções de forma remota, se possível. Não sendo possível, o servidor deverá ficar afastado sem prejuízo de remuneração;
  • Fica suspenso o gozo de férias, folgas compensadas e licença-prêmio de servidores da área da saúde, conforme a necessidade do cargo, devendo os servidores que se encontrem nessa condição retornar ao trabalho a partir do dia 23 de março de 2020. A concessão desses benefícios também fica suspensa até nova definição;
  • Fica determinado que servidores municipais poderão ser realocados, temporariamente, à Secretaria Municipal de Saúde ou à Secretaria Municipal de Assistência Social, conforme disponibilidade e necessidade, mediante anuência da Secretaria de Administração e da Chefia de Gabinete;
  • Ficam suspensas as aulas e as atividades dos projetos que atendam crianças e adolescentes, na rede pública municipal, a partir de 23 de março de 2020. As escolas municipais e os projetos sociais se programarão para orientar os pais e alunos quanto à essa suspensão;
  • Ficam suspensas todas as atividades culturais e de lazer desenvolvidas pelo Poder Público. Poderão ser analisadas situações excepcionais às previstas neste artigo;
  • Ficam suspensas as seguintes atividades desenvolvidas pelo Poder Público:

I – viagens e campeonatos esportivos, inclusive os em andamento, e os aluguéis das praças esportivas;

II – serviços de convivência do idoso;

III – cursos oferecidos pelo Fundo Social de Solidariedade;

IV – oficinas oferecidas pela Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social;

V – capacitações oferecidas por qualquer órgão da administração;

VI – todo e qualquer evento em que ocorra aglomerações de pessoas.

  • A Secretaria Municipal de Fiscalização não concederá licenças para eventos que causem aglomerações de pessoas, bem como suspenderá as que já tenham sido concedidas, até nova definição.

I – ficam suspensas novas licenças para ambulantes;

II – ficam suspensas as feiras livres;

  • No âmbito de outras instituições, órgãos ou entidades autônomas, bem como no setor privado do município fica recomendada a suspensão de:

I – aulas na educação básica, superior e cursos livres bem como academias de ginástica, adotadas gradualmente, no que couber;

II – visitas a idosos nos abrigos;

III – eventos, inclusive os de caráter religioso de qualquer crença, em que ocorram aglomerações de pessoas;

  • No âmbito de outras instituições, órgãos ou entidades autônomas, bem como no setor privado do município fica recomendada:

I – atendimento ao público em número não superior a 5 (cinco) pessoas por vez;

II – atendimento ao público realizado preferencialmente por telefone ou pelos meios virtuais, quando possível.

  • Fica restrito o acesso aos prédios públicos, ressalvadas unidades de saúde, a situações excepcionais e urgentes, à critério da repartição.

I – nas salas do velório municipal fica restrito o acesso à 5 (cinco) pessoas por vez;

II – nas repartições públicas fica restrito o acesso a 1 (uma) pessoa por vez;

 

  • As medidas previstas neste decreto poderão ser reavaliadas a qualquer momento, de acordo com a situação epidemiológica do município;
  • Fica recomendado ao setor privado que adote as outras medidas aqui especificadas, no que lhe couber;
  • Fica instituído o Comitê̂ de Contingenciamento do Coronavírus, com o objetivo de coordenar as ações contra a propagação do COVID-19, no âmbito do município;
  • Nos termos do art. 4º da Lei Federal nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, e enquanto perdurar a emergência de saúde pública, objetivando a proteção da coletividade, fica dispensada a licitação para aquisição de bens, serviços e insumos de saúde destinados ao enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do COVID-19.

O decreto entra em vigor na data de sua publicação. Para acessar o decreto completo entre no link: http://www.adamantina.sp.gov.br/?pag=T0dRPU9EZz1PR009T1RnPQ==&id=2865&idtipolei=7

 

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ADAMANTINA
                Jornalista Ludhmila Jorge

Curso de Direito recebe alunos dos ensinos Fundamental e Médio de escola estadual de Lucélia

17/05/2024 16h46 Aproximadamente 60 alunos participaram da ação Por Jéssica Nakadaira Na manhã do último dia 10, sexta-feira, o curso de Direito do Centro Universitário

Prazo para negociar contas de luz em atraso termina nesta segunda-feira, 20

17/05/2024 16h42 Programa Desenrola Brasil, do governo federal, está oferecendo descontos de até 75% e condições de parcelamento sem entrada, em até 60 vezes   Termina

Seguro obrigatório voltará a ser pago em 2025

17/05/2024 16h39 Nova taxa prevê pagamento de serviços médicos a vítimas de acidentes Publicado em 17/05/2024 – 14:44 Por Fabíola Sinimbú – Repórter da Agência

00:00