Clientes precisam atualizar cadastro na Energisa para receber aviso de manutenções na rede elétrica

24/10/2023 14h06

Distribuidora envia comunicados por e-mail e SMS de clientes com dados atualizados 

Faça chuva ou faça sol, frio ou calor, a energia é indispensável em qualquer momento do dia. E manter o fornecimento desse serviço essencial de forma contínua e segura exige muito investimento e constantes melhorias. Para cumprir esse compromisso, a Energisa mantém um cronograma de manutenções na rede elétrica que abastece a região.

Programados de forma preventiva ou corretiva, tais serviços incluem limpeza de fios, troca de equipamentos e cabos, podas de árvores e outras obras de melhorias que, dependendo da ocasião, demandam a interrupção temporária no fornecimento da energia para serem executadas com segurança. Para não “pegar ninguém de surpresa”, a Energisa comunica, de forma antecipada, os clientes das localidades que serão impactadas.

Em se tratando dos clientes de baixa tensão, os comunicados são feitos por meio de rádios locais, site da empresa, aplicativo Energisa On, e-mail e via SMS. Mas, para receber esse comunicado no correio eletrônico ou celular, o cliente precisa estar com o cadastro atualizado na Energisa, ou seja, com o endereço de e-mail, número do telefone do titular da unidade consumidora e demais informações importantes devidamente registrados para que a empresa possa contatá-lo.

“Sabemos da importância da energia para as casas, comércios, indústrias. Nossa prioridade é trabalhar na rede para melhorar a qualidade do fornecimento de energia, com o menor impacto possível para o cliente. Mas, quando por questões de segurança precisamos interromper a energia para manutenção programada, nosso compromisso é avisar esses clientes com antecedência, para que também possam se programar”, explica Rafael Guida, coordenador de Atendimento da Energisa Sul-Sudeste.

Entretanto, o aviso antecipado ao cliente acaba sendo comprometido se o cliente mudar o telefone, endereço ou e-mail, e não informar a empresa.

“Nossa base de cadastro traz informações importantes como CPF, endereço, telefone, celular, e-mail do titular a unidade consumidora. Se ele mudou de casa, trocou o número de telefone ou passou a usar outro e-mail, infelizmente, não conseguimos enviar informações importantes como a de desligamento programado. É indispensável que as pessoas nos contatem e atualizem seus dados para que tenhamos acesso rápido e fácil a elas quando for preciso”, detalha o coordenador.

Ao atualizar o cadastro é importante informar, inclusive, se na residência mora alguém que dependa de aparelho de manutenção à vida ligado à energia. Isso porque, nas ocasiões de manutenção programada, esses imóveis são comunicados com antecedência mínima de cinco dias úteis. “Além disso, se houver uma interrupção causada por fatores externos, como colisão em postes ou eventos climáticos, tais residências têm prioridade no restabelecimento da energia”, acrescenta Rafael.

Como atualizar o cadastro?
É bem simples: basta acessar um dos canais de atendimento da Energisa e informar que quer atualizar o cadastro. Para facilitar o atendimento, tenha os documentos pessoais em mãos.

  • Aplicativo Energisa On
  • Whatsapp/Gisa: (18) 99120-3365
  • Site: www.energisa.com.br
  • Call Center:  0800 70 10 326

Edneia Cristina da Silva ZartAnl Comunicacao III – COORDENACAO
DE COMUNICACAO E MARKETING BP

CIPA Realiza SIPAT 2024 com Foco em Segurança e Bem-Estar

22/07/2024 17h10 Evento promoveu debates e oficinas sobre saúde e segurança no trabalho Por Jesana Lima Entre os dias 17 e 19 de julho, o

Atlética de Agronomia entrega doações da Campanha do Agasalho para a Casa da Sopa Joanna de Ângelis

22/07/2024 17h07 Foram arrecadadas 186 peças Por Jéssica Nakadaira A Atlética do curso de Agronomia do Centro Universitário de Adamantina promoveu a Campanha do Agasalho

Com apoio da Fapesp, grupo identifica novos probióticos em queijos tradicionais

22/07/2024 17h04 Pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Alimentos encontraram três cepas de bactérias que podem beneficiar a saúde humana Seg, 22/07/2024 – 9h01 |

00:00