Em novas inspeções na região, Energisa identifica mais 52 irregularidades de furtos de energia

06/09/2023 17h17

Irregularidades foram encontradas em Adamantina, Osvaldo Cruz e Parapuã; empresa recuperou 377.582 kWh, o suficiente para abastecer 1.888 casas durante um mês

O sistema de inteligência artificial que monitora o comportamento de consumo de energia elétrica dos clientes da Energisa identificou novas situações suspeitas na região. Por esse motivo, nas últimas semanas as equipes da concessionária intensificaram as inspeções em Adamantina, Osvaldo Cruz e Parapuã, com o intuito de confirmar as suspeitas de fraudes e furtos de energia.

Em campo, os profissionais da Energisa Sul-Sudeste realizaram 83 inspeções, das quais foram confirmadas 52 irregularidades de desvio de energia por meio de ligações clandestinas e adulteração de medidores. “Esse monitoramento é indispensável para que nossas equipes possam atuar em situações suspeitas, a fim de combater qualquer intervenção no sistema de distribuição. Além de ser um crime, essa prática causa prejuízos financeiros e riscos à segurança de toda a comunidade”, explica Renan Felix Fernandes Souza, coordenador de Medição e Combate a Perdas da Energisa.

Para se ter uma ideia dos prejuízos, as irregularidades somaram 377.582 kWh de energia desviados, o que seria suficiente para abastecer 1.888 casas, com consumo médio de 200 kWh, durante um mês – equivalente a uma cidade do tamanho de Inúbia Paulista.

Ações na Alta Paulista
Em junho deste ano, a Energisa Sul-Sudeste realizou uma operação semelhante na Alta Paulista, com ações concentradas nos municípios de Osvaldo Cruz e Parapuã. Na ocasião, as equipes encontraram 32 irregularidades entre ligações clandestinas e intervenções ilegais no sistema de distribuição de energia, totalizando um desvio de 475 mil kWh.

Ainda que essas inspeções façam parte da rotina de trabalho da Energisa Sul-Sudeste, Renan destaca o risco aos quais as pessoas se expõem ao acessar a rede de energia de forma ilegal para reduzir ou zerar o próprio consumo de energia.

“A quantidade de energia recuperada na Alta Paulista nas duas operações surpreende principalmente pelo tamanho dos municípios. Por questões de segurança, em todos esses imóveis, assim que confirmamos as irregularidades o fornecimento de energia foi interrompido e registramos um Boletim de Ocorrência para que sejam tomadas as medidas cabíveis no Código Penal“, acrescenta Renan.

Impacto na comunidade
Uma vez que os furtos e fraudes na rede impactam diretamente na qualidade do fornecimento de energia elétrica, na arrecadação de impostos e na vida dos clientes regulares, é essencial que a população auxilie no combate a esses crimes.

A denúncia pode ser feita nos canais de atendimento da companhia, e a identidade do denunciante é mantida em total anonimato. Basta acessar www.energisa.com.br na aba Serviços Online > Mais Serviços > Denuncie Furto de Energia, ou falar gratuitamente pelo telefone 0800 70 10 326.

Edneia Cristina da Silva ZartAnl Comunicacao III – COORDENACAO
DE COMUNICACAO E MARKETING BP

Em um ano Sabesp recolhe 3,5 toneladas de tampinhas plásticas

19/07/2024 16h20 Material arrecadado é destinado para ONGs, asilos, hospitais e instituições que apoiam pessoas em situações de vulnerabilidade em todo Estado (19/7/2024) Para celebrar

Educação de SP deposita R$ 208 milhões em bônus a servidores da rede estadual

19/07/2024 16h18 Bonificação será paga às unidades que alcançaram as metas do Idesp referentes ao ano de 2023 Sex, 19/07/2024 – 11h55 | Do Portal

Governo de SP libera crédito emergencial para produtores de batata-doce e mandioca

19/07/2024 16h16 Linha de crédito parte do Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista e totaliza R$ 5 milhões para produtores rurais afetados pela estiagem Sex,

00:00