Morto aos 60? Jamais!!!!

26/03/2020 12h21

O Coronavírus parou o mundo, hoje as nações temem o seu potencial destruidor, estamos colhendo o fruto dos descasos que vieram se arrastando ao longo do tempo, a ausência de condições sanitárias adequadas, da incompetência na gestão da vida.

Hoje, a bola da vez é aquele que com 60 ou mais anos de existência, tem sido visto como um sério candidato a defunto, como um velhinho fraco e alquebrado, como se seu cérebro estivesse impedido de tomar decisões e, ele fosse incapaz de gerir o seu próprio destino, abaixo de Deus.
A forma depressiva com que o assunto tem sido tratado, pode sim, levar muitos para a cova antes do necessário.

A própria história mostra, grandes fortunas, grandes empresas e grandes invenções foram feitas por pessoas com mais de 50, que geram empregos e movimentam a economia mundial.

Hoje, vemos atitudes sendo tomadas de forma até meio truculenta, ameaçadora, ditando regras e, ameaçando até de prisão o mesmo cidadão honesto e trabalhador que ajudou a construir o país.

As limitações de nosso organismo, devem sim ser respeitadas, temos de ter a sabedoria que nosso corpo já não é o mesmo de quando estávamos com 20 anos, a sabedoria nos impele a participar de forma voluntária ao resguardo necessário que o nosso organismo necessita, isso é sinal de sabedoria, de prudência.

Devemos participar da campanha que solicita o resguardo e a permanência em nossas residências, devemos nos precaver, colaborar, tomar as atitudes necessárias para proteger a nossa saúde e a de nossos entes queridos, sem no entanto, aceitar o rótulo de “idosos, 3º idade, velhinhos alquebrados e impotentes”, não podemos abrir mão de nosso poder de mando, afinal ajudamos construir esta nação.

Temos sim, de ter a consciência que nossa tarefa nesse momento é participar da campanha de resguardo, mas com sabedoria, com altivez, sabendo que temos que estar sadios, pois a tarefa que nos espera vai requerer que nosso cérebro esteja ativo, que nosso poder de mando esteja à flor da pele, mais uma vez seremos chamados a reconstruir e, nossa experiência de vida vai ser necessária para o sucesso dessa empreitada.

Não deixe que a sensação de impotência, de envelhecimento precoce tome conta de você, saiba que ao se manter em casa você está fazendo parte de uma guerra, não como um prisioneiro, mas como um soldado que luta com sabedoria.

Dedico esse artigo à todas as pessoas que estando com 60 anos ou mais, não se deixam abater, mas participam  de forma altiva e inteligente nessa luta que é de todos nós!

Erivaldo Lopes
Jornalista
64 anos

Tudo passa! (Chico Xavier)

 

Servidores do Centro Universitário realizam ato em defesa do projeto do Plano de Saúde

03/03/2024 15h36 Vereadores se manifestam a favor do projeto   Por Jéssica Nakadaira Na manhã de segunda-feira, 4, os servidores do Centro Universitário de Adamantina

SAPP promove oficina de cidadania, diversidade e inclusão entre as atividades do mês de março

04/03/2024 15h27 Compõem a programação Orientação Educacional e de Carreira, sarau de poesia, yoga e projeto Estimulação Por Priscila Caldeira O Serviço de Apoio Psicopedagógico

Oficina Práticas Somáticas Pró-Idade: Promovendo o Bem-Estar na Terceira Idade

04/03/2024 15h24 Na cidade de Adamantina, interior de São Paulo, uma iniciativa inovadora está ganhando destaque: a oficina “Práticas Somáticas Pró-Idade”. Sob a coordenação de

00:00