Governo federal lança projeto para apoiar instituições filantrópicas

13/04/2020 17h12

Meta é dar suporte a entidades que atuam com trabalho voluntário

Publicado em 13/04/2020 – 13:38 Por Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil – Brasília

O governo federal lançou hoje (13) o projeto Brasil Acolhedor. A meta é, em conjunto com a sociedade civil, promover ações de apoio a instituições filantrópicas que atuem com trabalho voluntário, visando melhorar as condições sanitárias e assistir as populações mais vulneráveis contra os efeitos negativos da pandemia do novo coronavírus.

“O Brasil Acolhedor é mais uma grande demonstração de solidariedade, humanidade, carinho, respeito e amor ao próximo. Para se ter uma ideia, temos no Brasil 1.913 instituições de longa permanência, apenas olhando para os idosos, fora todas as outras instituições que acolhem no Brasil”, disse o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, durante cerimônia no Palácio do Planalto.

O projeto iniciará com duas frentes: uma com foco em doações de bens, como cestas básicas eitens de higiene pessoal, e outra na seleção de organizações da sociedade civil e pessoas físicas para atuarem na execução das iniciativas, direto com os beneficiários.

Como será

As contribuições ao projeto e o cadastramento de organizações podem ser realizadas na página da Transforma Brasil e na plataforma do Pátria Voluntária.

Serão atendidas pessoas idosas em situação de vulnerabilidade, idosos em instituições de longa permanência, com deficiência atendidas por organizações da sociedade civil e a população em situação de rua. A ação poderá ser estendida a outros públicos. O atendimento ocorrerá em todos os estados em localidades com alto índice de pobreza.

Pelo poder público, o projeto é encabeçado pelo Pátria Voluntária, programa de incentivo ao voluntariado do governo federal, em parceria com o ministérios da Cidadania e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e com a Secretaria de Governo da Presidência da República.

Já o Transforma Brasil atuará nas iniciativas de voluntariado. A plataforma digital de engajamento civil conta com mais de 500 mil voluntários cadastrados.

“Para vencermos precisamos permanecer no caminho do acolhimento, do voluntariado e do amor”, disse Michelle.

O Pátria Voluntária é coordenado pela Casa Civil da Presidência da República e tem um conselho presidido pela primeira-dama Michelle Bolsonaro. Mais de trezentas instituições já se cadastraram no programa.

“Para vencermos precisamos permanecer no caminho do acolhimento, do voluntariado e do amor”, disse Michelle. Durante seu discurso na cerimônia desta segunda-feira, em Brasília, a primeira-dama agradeceu às Casas Bahia, primeira empresa a se engajar no projeto, pela doação de mil camas e mil colchões.

Na semana passada, o governo federal já havia lançado o projeto Arrecadação Solidária, para receber doações em dinheiro para ações de apoio a grupos vulneráveis da sociedade.

 

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: Agência Brasil

Alunos da EE Helen Keller recebem certificados e moção de congratulações e aplausos

23/06/2024 16h53 Por: Tiago Rafael dos Santos Alves No último dia 18 (terça-feira), os alunos da EE Helen Keller, receberam certificados referentes ao desenvolvimento da

Governo de SP anuncia volta da Feicorte, maior feira latina indoor de pecuária de corte

21/06/2024 16h58 Depois de dez anos da última edição, Feicorte 2024 será realizada entre os dias 19 e 23 de novembro, na cidade de Presidente

Como drones e satélites ajudam no combate e prevenção de incêndios em SP

21/06/2024 16h50 Além dos equipamentos que sobrevoam unidades de conservação, Governo de SP conta com mapas que monitoram focos de incêndios em tempo real Sex,

00:00